PÁGINA INICIAL / BLOG / 7 motivos para ter armazenagem própria

15 de Mai 2018

7 motivos para ter armazenagem própria

Há algum tempo já estamos trazendo conteúdos importantes, com informações relevantes do setor, que demonstram como é possível aumentar a rentabilidade da sua propriedade.

Em se tratando de produção de grãos, a armazenagem própria é um dos investimentos que mais se destaca como estratégia para se tornar mais competitivo e enfrentar os desafios pós-colheita.

Quem investe nessas estruturas não se arrepende.

Quer saber por quê?

 

Listamos 7 motivos principais para os produtores brasileiros investirem em armazenagem própria.

 

1 – Armazenando seus grãos no próprio silo, a negociação do produto está na sua mão. O agricultor pode escolher comercializar de forma parcial ou no momento mais oportuno, conforme a cotação estiver mais positiva. Assim, quem tem um sistema próprio de armazenagem na sua propriedade, não fica refém do mercado.

2 – Garantia da qualidade original do grão colhido e de sua identidade no momento da venda.

3 – Controle maior sobre os grãos, diminuindo avarias e reduzindo perdas quantitativas e qualitativas.

4 – Ganho de valor agregado para a produção, tornando-a diferenciada. Veja que, quando os grãos são entregues para terceiros para armazenagem, os parâmetros de qualidade são igualados aos demais depositários.

5 – Aumento da rentabilidade do conjunto. Os subprodutos decorrentes do processo (impurezas, quirelas de grãos, casquinhas e outros) podem ser separados, beneficiados e comercializados, aumentando as possibilidades de ganhos em outros nichos de mercado.

6 – Redução dos custos de frete, com a contratação em períodos de baixa procura. Durante a safra, o transporte normalmente tem seu preço inflacionado, em função do aumento de demanda e do perfil de escoamento ser pelo modal rodoviário. Além disso, é possível a diminuição do custo do transporte pela eliminação de impurezas no tratamento do grão na própria propriedade e do excesso de água pela secagem. Fatores que pesam na hora de colocar o grão no caminhão.

7 – Ampliação das possibilidades de negócios, com a prestação de serviços de secagem e armazenagem para outros produtores e, até mesmo, para cooperativas e cerealistas.

Com tudo isso, a armazenagem própria se confirma como uma ótima escolha tanto em momento de safra recorde, como o que passamos recentemente, quanto em situações de quebra de safra, trazendo mais dividendos para o agricultor, que pode cuidar da sua propriedade como um verdadeiro negócio lucrativo.



Compartilhe:



Cadastre o seu e-mail e receba
novidades e informativos