0
PÁGINA INICIAL / BLOG / Qual a melhor solução para armazenar na propriedade?

Qual a melhor solução para armazenar na propriedade?

Qual a melhor solução para armazenar na propriedade?

Em tempos de safra recorde, armazenagem própria é a solução.

 

Alguns anos atrás, o produtor tinha como sua principal preocupação o processo de plantio, começando pela escolha das sementes, passando pelo uso adequado do solo, além de torcer para que o clima ajudasse.

 

Com o passar do tempo, a demanda por alimento no Brasil e no mundo cresceu e, sorte do produtor, a tecnologia jogou a favor da agricultura, proporcionando condições para se produzir mais e melhor.

 

E aí, vieram os grandes desafios: o que fazer depois da colheita para potencializar o aumento de produção de grãos e a rentabilidade do agricultor?

 

O silo próprio deve ser uma das primeiras coisas a serem cogitadas, especialmente considerando a vantagem que ele vai representar.

 

Ele agrega valor à propriedade, que acaba se tornando mais competitiva perante as fazendas que não dispõem dessa estrutura.

 

Vencer o desafio da armazenagem na propriedade e lucrar mais, fugindo da terceirização, é possível.

 

Quem investe nessas estruturas, não se arrepende.

 

Na hora de investir em um silo próprio, o mercado oferece opções que variam de acordo com os objetivos do produtor.

 

Se é uma armazenagem emergencial, para um excedente de lavoura e por um curto período de tempo, o produtor pode optar por um silo-bag, ou silo bolsa. Este tipo de silo não apresenta necessidade de es-cavação e estrutura, atraindo pelo custo mais acessível. Mas, exige que produtor fique atento diariamen-te à estrutura, para verificar se há problemas com roedores ou umidade, que podem colocar toda a sua produção a perder.

 

Graneleiros ou silos aéreos são a solução para grandes volumes de um grão só.

 

Podem ser construídos de vários materiais, como concreto, plástico ou aço galvanizado.

 

Os silos de concreto são mais indicados para monoculturas de grandes volumes, principalmente trigo.

 

Os silos de plástico possuem corpo cilíndrico e, normalmente, são feitos em polietileno de média den-sidade (PEMD). São fabricados como uma peça só, por isso, não possuem capacidade para grandes quan-tidades de grãos. São mais indicados para indústrias químicas, petroquímicas e alimentícias. A melhor solução para aquele produtor que produz diferentes variedades, em quantidades variadas, é o SILO DE AÇO GALVANIZADO, que apresenta uma escala de tamanhos que contempla qualquer demanda de armazenamento.

 

Os silos de aço galvanizado construídos sobre estrutura de concreto permitem uma conservação ideal do grão, graças à facilidade de aeração e por poder armazenar por curto, médio ou longo períodos.

 

Hoje, existem equipamentos para vários tipos de escala, para várias situações. É preciso avaliar a via-bilidade de cada um e a necessidade da sua propriedade antes de tomar qualquer decisão, para saber é se aquela opção a adequada para ele e para a sua produção.

Compartilhe:


Cadastre o seu e-mail e receba
novidades e informativos